3 dicas sobre como comprar um imóvel sem ter dinheiro guardado

Talvez com outro formato e outras cores, o sonho da casa própria acontece para a maior parte das pessoas. Autonomia, liberdade e estabilidade formam uma mistura que torna esse sonho algo a ser alcançado, normalmente, após muita batalha e planejamento.

Comprar um imóvel é assumir um compromisso. Geralmente, ele vem na forma de prestações que, em todo caso, são mais amigáveis do que um aluguel a fundo perdido.

Se é para alcançar o apê ou a casinha dos sonhos, seja lá em que bairro e de que tamanho for, o negócio é tomar conhecimento do passo a passo de como comprar um imóvel. Mas e se não houver dinheiro para a famosa “entrada”?

Não deu tempo ainda de fazer uma poupança? O salário é curto e não dá para guardar nada? Acompanhe dicas básicas de como comprar um imóvel — mesmo que não seja ainda aquele dos sonhos e das revistas!

Informe-se, antes de tudo, sobre como comprar um imóvel

Sem informação, nada vai acontecer! É fundamental conhecer os meios existentes de como comprar um imóvel.

Além de documentos necessários, critérios de cadastramento em programas de aquisição, tipos de financiamentos, bancos que financiam, preços, corretagem e condições mínimas. Com essas informações, você saberá se é necessário ter um aporte inicial para dar entrada no apê, se é possível financiar quase todo o valor, se seu salário cobre as condições mínimas, entre outros critérios que podem fazer você seguir em frente.

Veja o que é possível vender

Não é para sair fazendo loucuras, mas pode ser bem interessante vender um bem valioso, se você tiver um, para oferecer como entrada ou investimento inicial para comprar o imóvel desejado. Um carro ou uma moto, por exemplo, podem ser sua chance de sair do aluguel ou da casa dos parentes.

Se a prioridade for mesmo comprar um imóvel, pode ser providencial andar um tempinho de ônibus ou de carona, até restabelecer as contas e comprar um outro veículo. Bens podem ser vendidos até alcançar um valor inicial, mas sempre com honestidade e visando a um objetivo maior.

Pense nas condições de um empréstimo

Mais uma vez, informação será tudo. Depois, as contas na ponta do lápis.

Dependendo do aporte inicial necessário ou possível para comprar um imóvel, pode valer a pena fazer algum tipo de empréstimo que auxilie nessa primeira investida. É fundamental saber bem as condições e quanto custará esse dinheiro emprestado.

Fique atento aos juros que recairão sobre o montante, tempo de pagamento, multas, ajustes, taxas e ao valor que deverá ser coberto depois, à medida que esse empréstimo for devolvido. Não adianta cobrir um buraco abrindo outro. Mas é possível fazer um empréstimo certeiro e inteligente para dar um passo na direção da casa própria.

Viu como é mais fácil do que parece, embora essa operação dependa de muita responsabilidade? Curta nossa página no Facebook e tenha acesso a mais dicas e informações sobre como comprar um imóvel ou a realização do sonho da casa própria.

Deixe um comentário abaixo com a sua opinião sobre o assunto e até o próximo post!

CTA_Compra-01

Deixe uma Resposta

1 comment

  1. Denilson Araujo

    Bem interessante artigo.