Decorar o ambiente de maneira criativa e deixar o lar com a nossa cara é um dos maiores prazeres ao mudarmos para uma nova casa. Porém, contratar um decorador profissional, adquirir novos móveis, objetos artísticos e decorativos tem um custo muito alto.

Porém, uma filosofia que vem ganhando cada vez mais adeptos é o do it yourself, do inglês, “faça você mesmo”. A ideia é reaproveitar na decoração materiais que seriam descartados, contribuindo para gerar menos lixo para o planeta e também ajudar o seu bolso.

Separamos algumas dicas para te ajudar a pensar duas vezes antes de descartar um objeto e transformá-lo, com aquele toque pessoal no ambiente e sem gastar muito.

  1. Belo e durável

O vidro é um dos materiais mais úteis porque é durável e bonito, rendendo ótimos enfeites. Garrafas de bebidas, por exemplo, podem se tornar vasos para flores e até luminárias. Também são ideais para armazenar líquidos na geladeira, uma vez que o recipiente não libera resíduos químicos como plásticos e outros materiais, e é muito bonito para compor a mesa.

Para construir uma luminária suspensa, por exemplo, basta comprar um kit de pendente com cabo e soquete, facilmente encontrável em lojas de material elétrico. O próximo passo é cortar a parte inferior da garrafa, para colocar a boquilha e a lâmpada, e passar o fio pelo gargalo da garrafa.

Para cortar o vidro, encha a garrafa com água até a altura que deseja cortar e amarre um barbante bem firme no mesmo nível. Molhe o barbante com álcool e acenda, deixando queimar completamente. Quando a chama apagar, mergulhe a garrafa dentro de um balde com água fria e as partes irão se separar com o choque térmico. Para finalizar, basta usar uma lixa grossa para arredondar a borda que você irá aproveitar, para evitar acidentes.

  1. As cores do happy hourpara sua casa

Tampinhas metálicas de bebidas como cervejas ou refrigerantes existem com as mais variadas cores e desenhos. Mas em uma coisa todas elas combinam: no tamanho. Isso faz com que seja fácil reutilizá-las para cobrir superfícies de mesas, montando um belo mural, ou quadros. Basta encaixá-las lado a lado, formando o desenho que você deseja, e fixá-las com cola branca.

  1. Blocos de concreto muito além das paredes

Blocos de concreto podem ser empilhados para montar uma mesa ou criado ao lado da cama, ou até mesmo como colunas para uma prateleira de compensados de madeira. O aspecto do concreto cru em ambientes internos dá um toque diferenciado, e os espaços vazados do bloco podem servir ainda como porta objetos.

Aposte também no contraste de materiais, combinando os blocos de concreto com materiais macios, como, por exemplo, almofadas, tecidos, madeira ou vidro para compor um móvel útil e com uma cara bem original.

  1. Chiques e versáteis

Objetos de madeira de descarte também são uma ótima alternativa, e dão um toque rústico quando reutilizados. Caixotes por exemplo, podem se tornar ótimos espaços para armazenar objetos, podem ser pintados ou envernizados, e ainda têm uma alta versatilidade de montagens.

Empilhados eles podem formar uma ótima prateleira para a cozinha ou sala, ou podem ser afixados à parede com parafusos, formando um nicho. Em casas de peças também é possível encontrar rodas que, afixadas na base do caixote, o transformam em uma ótima alternativa para guardar e transportar objetos mais pesados.

  1. O sucesso absoluto dos pallets

Os pallets já são uma tendência, sucesso absoluto nos principais veículos de decoração no mundo inteiro. Originalmente, pallets são estrados de madeira utilizados na movimentação de cargas, mas assim como os caixotes, são outro objeto curinga.

Eles podem ser montados como móveis úteis, tais como camas, sofás poltronas, e prateleiras, ou mesmo aqueles puramente decorativos, como um jardim vertical e porta objetos. Fica a critério da imaginação de cada um, mas encare-o sem preconceitos: ele pode ser usado da sala de estar às áreas externas.

Gostou de alguma dica? Mãos a obra para transformar seu apartamento, impressionar as visitas e compartilhar com a gente!

Deixe uma Resposta