Muitos jovens podem comprar um apartamento e não sabem disso. Infelizmente, este hábito comum faz com que estas famílias comprometam um planejamento a longo prazo.

Se você é novo e está pensando em comprar um apartamento, a realidade é que você deve encarar a compra de seu primeiro imóvel como um investimento. E quando falamos em investimento, não estamos falando apenas em comprar um bem e esperar que ele valorize para vender depois.

A ideia é transformar a compra do imóvel em um investimento de vários sentidos na sua vida e transformar a maneira como você enxerga o futuro.

Hoje, a grande maioria dos jovens que estão procurando mudar de vida e iniciar a busca por uma vida social e financeira melhor, se encontram divididos na seguinte linha financeira:

  • Estudos
  • Aluguel
  • Casamento
  • Filhos
  • Investimentos
  • Contas em casa

Se estes tópicos passam por sua cabeça hoje e você possui um emprego sólido, saiba que você faz parte de um grupo que está começando a se atentar que não é uma boa ideia esperar chegar aos 40 anos para fazer o primeiro investimento em imóvel.

E para te mostrar isso, listamos 5 tópicos que podem te ajudar a entender melhor o porquê de começar agora mesmo a se preocupar com o seu futuro. (E que ele passe bem longe do aluguel).

1 – Você é novo

Agora é exatamente a hora de começar a gastar o seu dinheiro com o que realmente importa. Se você gastar todo o seu dinheiro “deixando a vida te levar”, provavelmente em uma certa fase de sua vida, você perceberá que gastou todo o seu dinheiro e não possui nenhum bem. Isso pode ser realmente preocupante, pois neste momento você provavelmente terá mais gastos, o que pode te impedir de fazer novos investimentos.

Se você, hoje, consegue cortar gastos desnecessários para pensar no seu futuro, faça isso.

2 – Programa do Governo

Se você é novo e está dentro dos padrões de nossa sociedade, dificilmente terá mais de R$9.000 de renda mensal, correto?

Acontece que se você não possui renda mensal acima disso, pode participar do programa Minha Casa Minha Vida.

O programa permite que a compra do seu primeiro imóvel com as menores taxas de juros do mercado. Além disso, o governo oferece subsídios (descontos) de até R$25.000 para a realização deste sonho.

Você pode calcular quanto de subsídio você tem clicando aqui!

3 – Você pode ter outra fonte de renda

Se decidir comprar um imóvel agora, mas não pretende morar nele dentro de alguns anos, você pode alugar o bem e ter uma nova fonte de renda mensal. Quando decidir que é a hora, se mude para seu próprio apartamento.

 

4 – Valorização do Imóvel

A compra do imóvel na planta quase sempre faz com que ele se valorize depois de pronto. Significa que você vai pagar um valor por um bem, mas que no final ele valerá mais do que você gastou. Quase sempre!

 

5 – Não jogue fora seu dinheiro

Você não gosta ou gostaria de jogar todos os meses uma parte de seu salário no lixo, correto? Pois isso é exatamente o que acontece com o aluguel.

Falando abertamente, todos os meses uma parte do seu dinheiro suado é rasgado, pois você nunca mais o verá.

Que tal acabar com essa situação o mais rápido possível e se livrar de jogar fora seu dinheiro todo mês?

Nós acreditamos que existem possibilidades para jovens comprarem um imóvel o mais rápido possível e começar a construção de patrimônio. Além disso, sabemos que pagar aluguel nunca é uma boa opção. Logo, se alguns desses pontos se encaixam em sua rotina e você acredita que está na hora de mudar, comprar um imóvel pode ser o melhor início.

Gostou deste artigo? Compartilhe nas redes sociais e ajude mais pessoas como você a realizarem um grande sonho!

 

 

 

Deixe uma Resposta