Muitas pessoas têm aquela famosa dúvida: o que devo e preciso saber para comprar um imóvel na planta? Ainda mais quando a casa própria passa ser o maior investimento da sua vida. Podem respirar aliviados, porque essas dúvidas vão acabar. Selecionamos algumas dicas para adquirirem seu apartamento tranquilamente. Confiram!

Entenda o que você está comprando

Organização é a palavra-chave para pensar em comprar um apartamento na planta. Primeiramente é bom saber o que você está adquirindo. Lembre-se, um imóvel na planta ainda não está pronto e é um investimento a longo prazo. Então, você deve conhecer bem o contrato e a empresa. Não tenha pressa, pois geralmente o prazo de entrega varia muito, entre 18 e 36 meses.

Planeje-se financeiramente

O que posso comprar? Essa pergunta é fundamental antes de planejar a compra de um imóvel. Muitas vezes, os compradores procuram apartamentos sem saber exatamente o quanto podem pagar. A dica é: faça isso antes de procurar pelo imóvel, pois vai te ajudar a focar no que realmente busca dentro de sua realidade financeira. A simulação de crédito imobiliário é importante nessa fase também, pois você terá noção do valor das parcelas que assumirá, além do limite que o banco liberará no financiamento. O imóvel na planta geralmente é mais barato que o pronto.

Visite os estandes e à região

Visite à região onde está escolhendo comprar o seu imóvel. Conhecer a localização do seu futuro lar é importante. Procure saber sobre o trânsito, segurança, meios de transporte, barulho, vizinhança etc. Isso tudo pode influenciar na hora de fechar o negócio. Outra dica é conhecer os estandes de venda de lançamentos. Eles costumam ser bem atrativos. Expõem a maquete do empreendimento e geralmente apresentam uma unidade decorada, o que cria grande expectativa para o comprador. No apartamento decorado, você poderá ver as dimensões exatas da construção e quem sabe, decidir sobre a compra. Se der, leve junto um engenheiro ou arquiteto de confiança para ter um parecer de um profissional em relação a metragem dos cômodos e dos móveis que irá utilizar.

Evite aborrecimentos

Lembre-se que o contrato é a sua maior segurança. Leia-o atentamente e sem preguiça. Nele estão os seus direitos como comprador. Tire todas as dúvidas antes de assinar. Guarde os folders e folhetos, e procure saber mais sobre a construtora responsável pelo empreendimento. É bom conhecer a estrutura dando uma olhada no portfólio da empresa.

Não esqueça que é preciso ter um capital guardado para as despesas referentes à entrega da casa. Se o financiamento for feito diretamente com a construtora, existem despesas extras além da prestação, como as parcelas para a entrega das chaves. Outro extra é com a documentação, que corresponde, geralmente, a 5% do valor do bem financiado, além dos gastos com os registros nos cartórios e o pagamento do Imposto sobre Transmissão de Bens Intervivos (ITBI).

Procure a opinião de terceiros

Comprar um imóvel pode não ser uma negociação fácil de se fazer sozinho. Se você não se sente seguro em relação a isso, peça ajuda a um especialista. Um corretor é uma boa dica. Ele pode negociar condições de pagamento e preços junto a construtora. Com ajuda de um corretor de imóveis é mais fácil encontrar, negociar os melhores preços e condições de pagamento e realizar a compra do apartamento. Com certeza ele te auxiliará na hora de encontrar um imóvel ainda melhor do que você espera por uma diferença pequena de preço em relação ao que esperava pagar.

Gostou das dicas para compra do imóvel na planta? Conte nos comentários o que achou.

Deixe uma Resposta