Quando pensamos em um bem comum, sempre lembramos da água. Tão valiosa e tão mal utilizada nos dias de hoje. Muitas pessoas ainda não sabem usá-la sem desperdícios. Imaginem a perda de água que um condomínio pode ter se não alertarmos o vizinho de um vazamento? Ou se não prestarmos atenção na torneira que pinga sem parar em nosso apartamento?

Isso sem levar em conta o custo de captação, tratamento e distribuição até nossas casas e, no final, o valor astronômico da conta. Nós separamos algumas dicas importantes para ajudar você a economizar água em seu imóvel e também no condomínio.

Desperdício

Comece ficando atento aos desperdícios. Veja onde você pode estar errando na hora de utilizar a água. Fique sempre alerta com vazamentos nas torneiras, chuveiro e vasos sanitários. Use a descarga apenas o necessário e mantenha a válvula sempre regulada. Evite deixar as torneiras abertas ou pingando, afinal o gotejamento pode resultar em um desperdício de até 50 litros ao longo do dia.

Para se barbear ou escovar os dentes, mantenha a torneira fechada. Mesma dica enquanto ensaboa as louças e talheres do almoço ou do jantar. Na hora do banho, nada de ficar cantarolando no chuveiro. É importante para economizar água e energia elétrica, e para sua pele não ficar ressecada.

Agora, se sua conta aumentou muito, desconfie. Solicite um reparo urgente em seu imóvel, pois pode haver um vazamento daqueles! Além de economizar água, você também economiza seu dinheiro. Se o seu apartamento tem alguma área aberta, por que não aproveitar a água da chuva para limpar o chão do terraço ou da cobertura? Já pensou nisso?

Nada de excessos

Evite utilizar várias vezes na semana as máquinas lava-louças e lava-roupas. Tente juntar os vasilhames e as roupas para lavar tudo de uma só vez. As águas das máquinas de lavar e também do banho podem ser reaproveitadas para limpar os terraços ou outras áreas externas do prédio.

Na hora de cozinhar, não jogue óleo de fritura pelo ralo da pia. Isso é um crime, pois além de entupir o encanamento, a prática dificulta o tratamento da água e polui os rios.

Mudança de hábitos

Que tal lavar o seu carro com balde em vez da mangueira? Já pensou em voltar a utilizar a vassoura? E um regador para as plantas? Escolha plantas como suculentas e cactos para o seu jardim. Elas consomem menos água, além de não darem tanto trabalho. A água da piscina não precisa ser trocada com frequência, mas deve ser tratada. Lembre-se de colocar um toldo, pois além de mantê-la limpa, evita a evaporação.

Novos Produtos

Existem no mercado sistemas que controlam o fluxo de água, como redutores de pressão e aeradores que são adaptados às torneiras. O hidrômetro digital é outro produto, ainda em teste, que calcula o consumo de água do imóvel.

Se você gostou de nossas dicas, compartilhe com seus amigos nas redes sociais, pois o consume consciente é um dever de todos!

Deixe uma Resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.