Tem vezes que a casa “clama” por uma reforma. Outros momentos é o seu proprietário que enjoa da aparência dos ambientes e decide que é hora de mudar toda a decoração.

Só que as contas aparecem, o orçamento doméstico fica apertado e o sonho de colocar esses projetos em prática acaba, por fim, adiado.

O fato é que, em tempos de crise financeira, quase ninguém está com dinheiro sobrando. Então, como fazer para renovar a decoração da casa sem causar um rombo no bolso? Uma solução é poupar.

Outra é usar a criatividade. Afinal, quem disse que ter ambientes bonitos é sinônimo de enormes despesas? Tem ideias simples e práticas que você mesmo pode fazer para mudar os cômodos sem gastar quase nada.

Não há mesmo necessidade de grandes reformas para deixar uma casa mais agradável e cheia de estilo. Inspiração pode ser apenas o que qualquer precisa!

Pensando nisso, reunimos algumas dicas especiais de decoração barata, desde móveis reciclados até objetos. Elas podem dar resultados melhores para o seu projeto.

Duvida? Muna-se de criatividade e mãos à obra!

6 dicas para decorar a casa sem gastar muito

#1 Novo revestimento de parede

Para começar uma intervenção decorativa, a primeira coisa que o arquiteto ou designer de interiores cogita é a mudança das cores das paredes. Essa é uma mudança visual bem fácil de fazer. Às vezes, basta destacar uma só parede para deixar um cômodo inteiro, antes sem graça, muito mais bonito.

“Invista em cores ao invés da segurança dos tons de branco e bege, eles também enjoam como qualquer cor.” – designer Caroline Marrocos, em reportagem de Dicas de Mulher.

Gabriel Valdivieso https://www.vivadecora.com.br/foto/24818/papel-de-parede-em-sala-de-estar

Se a pessoa preferir – e tiver mais dinheiro para gastar – ela pode ambientar a casa com papéis, tecidos ou adesivos. Quanto mais estampados e coloridos melhor.

Paula Muller
https://www.vivadecora.com.br/foto/51256/adesivo-de-parede

Também tem a tinta lousa, uma tendência muito presente em propostas contemporâneas, que permite o usuário deixar desenhos e mensagens animadas na parede. E os espelhos, que reforçam a sensação de amplitude no espaço.

SP Estudio https://www.vivadecora.com.br/foto/167863/parede-com-papel-de-parede-listrado-e-com-espelho

#2 Peças mobiliárias antigas e novas

É importante as pessoas tentarem reaproveitar os móveis e objetos que já têm antes de realizar qualquer mudança drástica ou adquirir peças novas para renovar o lar.

Trocar um item de lugar, às vezes, lhes faz perceber os espaços de maneira totalmente diferente. Por exemplo, um sofá de canto colocado mais ao centro da sala. Vale a pena a tentativa! Afinal, móveis antigos têm o seu valor!

O toque vintage das peças herdadas ou compradas em feiras e lojas de antiguidades dá um efeito muito charmoso aos ambientes.

A penteadeira daquela sua tia avó talvez ficasse perfeita no seu dormitório. Ou aquela cadeira do seu pai, datada dos anos setenta, na sala de estar. Claro, ambas combinadas a outros móveis mais modernos. Só que, mesmo assim, esse estilo de decoração não combina com o gosto de todos.

Carol Tasiro https://www.vivadecora.com.br/foto/137810/sala-leve-com-buffet-amarelo-e-ganchos-para-bolsa

Tem pessoas que não suportam a ideia de ter, em sua casa, móveis antigos ou de aparência antiga. Ainda bem que existem muitas opções de peças a venda no mercado. Itens novos, obviamente, também são capazes de mudar o visual dos ambientes. Estantes compostas por nichos ou caixotes coloridos estão em alta, por exemplo.

Idealizzare Arquitetos https://www.vivadecora.com.br/foto/155823/caixotes-de-madeira-coloridos-decorados – INÁ Arquitetura https://www.vivadecora.com.br/foto/177083/quadros-na-decoracao

#3 Do it Yourself

O movimento DIY tem estimulado as pessoas a reaproveitarem materiais, restaurarem ou customizarem móveis, e fazerem manualmente seus objetos de decoração. Essa é uma moda que ajuda não só na economia financeira das famílias como também o planeta, com a sustentabilidade.

Quem tem habilidade e paciência pode se valer de lixas, tintas e sobras de outras coisas para transformar a casa.

Muitos móveis antigos podem ser customizados através da técnica da pátina ou do laqueamento. Uma ideia mais em conta é aplicar sobre eles tecidos ou contact – o efeito fica igualmente lindo.

Sabe aquele papel de parede usado anteriormente? Suas sobras serviriam para revestir o fundo de um gaveteiro, por exemplo. E que tal usar tinta spray metalizada para dar cara nova a um velho abajur? Essas ideias estão em alta!

Já percebeu como não se precisa de muito para redecorar a casa? A reciclagem não pode faltar nesta lista. Há muitas boas ideias de como aproveitar materiais que iriam, a princípio, para o lixo. Através de mãos criativas, eles ganham nova aparência e nova função.

Pallets, caixotes de feira, escadas desgastadas e outros mais podem virar estantes, armários, cachepôt e peças decorativas bem rústicas e “diferentonas”.

#4 Elementos naturais

Certos elementos naturais, como flores, folhagens, conchas e pedriscos, integrados a propostas de decoração, dão mais vida aos ambientes. Eles podem estar presentes em vasos, potes de vidro, canecas e muitos outros recipientes; além de soltos, sobre as mesas, ou pendurados, frente às janelas. Além disso, sua energia pode ser reforçada através de aromatizadores, fontes d’água e sinos de vento.

Claro que nenhuma força vital se compara à das plantas naturais, que fazem um contraponto interessante aos cômodos mais fechados da casa. Em ambientes internos, o ideal são aquelas espécies que necessitam de menos luz, como as suculentas, as zamioculca, as pleomele, as ráfias e os cactos, entre outras. E também, de preferência, aquelas que combinem com as cores presentes no cenário.

Buji Decoração Reuso https://www.vivadecora.com.br/foto/66938/vaso-decorativo-de-vidro-com-flores – Céline Desroches https://www.vivadecora.com.br/foto/24169/nicho-de-caixote-de-feira-com-rinoceronte

#5 Recursos de iluminação

É fundamental que em qualquer projeto de decoração seja abordada a questão dos efeitos luminosos nos espaços. Há muitos recursos técnicos que podem ser aplicados aos interiores. Um exemplo comum são as fitas de LED. Elas são usadas para destacar nichos, prateleiras e painéis. Contornar potes e emoldurar mural de fotos. Ou compor luminárias, estando dentro de garrafas de vidro. O resultado é espetacular!

#6 Objetos ornamentais

Em muitas situações, não se pode trocar os revestimentos ou mudar a disposição dos móveis, ficando mais complicado intervir em uma decoração. Só que sempre é possível acrescentar novos objetos ornamentais para complementar os ambientes.

Renata Romeiro https://www.vivadecora.com.br/foto/169654/cabeceira-cinza-e-quadros-coloridos-na-parede

Quadros e pôsteres, por exemplo, jamais devem ficar de fora – e quanto mais, melhor! E se der para fazer um mix de peças aleatórias, o resultado fica ainda mais bonito.

https://www.vivadecora.com.br/foto/157778/quadros-decorativo-e-mesa-de-madeira-quadrada

Para enriquecer a composição e dar um ar mais despojado ao lar, a pessoa pode contar com outros objetos a venda no mercado. Existem castiçais, velas, bandejas e outros, que só servem como decoração. As mantas e almofadas deixam os espaços mais aconchegantes. Os painéis e caixas decorativas ajudam na organização. E os instrumentos musicais podem ser apreciados além de tocados.

INÁ Arquitetura https://www.vivadecora.com.br/foto/179158/escritorio-simples-bonito-e-funcional

Conclusão

Anna Maria Parisi https://www.vivadecora.com.br/foto/169479/almofadas-coloridas-e-violao-pendurado-na-parede

Nada como as palavras de um profissional para nós dar mais segurança na hora de decorar:

“Nossa casa é feita de pequenos detalhes, cada um com um valor em especial. Mas é preciso cuidado porque é muito comum a gente acumular coisas que gostamos (quadros, vasos, toalhinhas, almofadas, porta retratos e objetos variados) e no final acabam poluindo o ambiente, sobrecarregando a casa de informações.”,

“É importante ter noção do espaço que você tem, para então começar a ver reais oportunidades de como ocupá-lo de maneira criativa.”

– arquiteto Rodrigo Rocha, em reportagem de Dicas de Mulher.

Portanto, não perca mais tempo: reúna toda sua criatividade e comece a decorar sua casa usando um mais mais de nossas dicas.

Estas sugestões de como decorar sua casa sem gastar muito foram criadas pela equipe Viva Decora.

Deixe uma Resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.