Morar sozinho pode ser um grito de liberdade e se tornar um grande foco de aprendizado e autoconhecimento. Mas é também desafiador. O primeiro desafio aparece quando as contas começam a se acumular sob a porta e, se a receita não for bem gerida, a liberdade e a independência de ter seu próprio teto pode se tornar um enorme transtorno. 

Essa situação pode ser contornada com dicas simples e úteis de como controlar bem os recursos para que o sonho de morar sozinho não vire um pesadelo. Em outro post, já falamos que a economia pode começar já na decoração do imóvel.

Veja agora outras dicas de economia.

Pesquisa

A internet é uma fonte fundamental de informações e uma aliada importante, sobretudo para quem se aventura a morar sozinho. O uso mais óbvio – e útil – é pesquisar preços de produtos e serviços. Saber esses valores antes de sair às compras evita surpresas e gastos desnecessários. Mas a pesquisa também pode ajudar a te ensinar como sua casa nova funciona e evitar a contratação de serviços para pequenos reparos. Pendurar um quadro, trocar um chuveiro, montar um móvel ou instalar uma luminária são tarefas simples e que não precisam de profissional especializado. Até trocar uma torneira e desentupir uma pia são tarefas que podem ser feitas por um amador. Mas é preciso bom senso. Há algumas missões que parecem simples, mas que podem render dor de cabeça se feitas de maneira incorreta. Saber o que pode ser feito por você e o que precisa de profissional especializado é tarefa de quem mora sozinho e a pesquisa é fundamental nessa tarefa para evitar que o barato saia caro.

Fazer lista antes de ir ao supermercado

Parece banal, mas faz toda a diferença no fim do mês. Ir ao mercado sem uma lista significa produtos estragando nas prateleiras, desperdício e gasto excessivo. Se a gente compra algo por impulso no supermercado, é sinal de que o item não é indispensável. Nas prateleiras, só aquilo que é de uso diário.

Energia elétrica

A conta de luz é um dos itens que mais pesa no orçamento doméstico. Uma série de ações simples pode ter impacto positivo no fim do mês, como desligar da tomada aparelhos domésticos que não estão em uso, deixar o chuveiro elétrico na posição verão e evitar usar aparelhos antigos (que tendem a consumir mais luz).

Compartilhe

Alguns serviços de assinatura possuem pacotes especiais quando utilizados por mais de uma pessoa. Internet, pacotes de jogos de futebol e até serviços de streaming de vídeos e séries. Dividir senhas com vizinhos ou amigos pode representar economia, além de ser uma forma de ampliar os relacionamentos.

Cozinhar por empreitada

Se você possui habilidades na cozinha, uma dica é cozinhar vários alimentos de uma vez. Aproveitar o forno para assar mais de um alimento, por exemplo, e já preparar a comida que será consumida em vários dias. Além de economizar tempo dá também pra economizar energia, já que, guardados no freezer e na geladeira os alimentos evitam que o eletrodoméstico gaste energia para refrigerar ambientes vazios.

Está pensando em comprar o seu apartamento e morar sozinho? Assine a nossa newsletter e acompanhe as nossas novidades sobre o tema!

Deixe uma Resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.