Para que você transforme o sonho de ter a casa própria em realidade e consiga morar no seu novo apartamento, o poder público determina que as construtoras obtenham alguns documentos importantes, entre eles o habite-se.

Também chamado de Certidão de Baixa ou Carta de Habitação, é muito comum que surjam dúvidas sobre a emissão do Habite-se. Por isso, elaboramos aqui algumas respostas para as principais questões sobre o tema, que vão desde financiamentos até um passo a passo para a obtenção do documento.

Quando e como obter o habite-se?

Ao iniciar uma obra, a construtora deve comunicar à Prefeitura o seu projeto. Só com essa autorização, a obra pode seguir adiante e, ao final, a Administração Municipal se certifica de que o projeto aprovado foi, de fato, seguido. Assim, o habite-se é liberado.

Quais os documentos podem ser necessários para a obtenção do Habite-se?

Para a emissão, uma vistoria é agendada e, durante esta visita, os documentos abaixo (relacionados à obra) devem estar à mão:

– Requerimento padrão;

– Comprovante de pagamento da taxa de vistoria;

– ART de execução;

– Liberação DMAE;

– Indicação das áreas de uso comum construídas;

– NBR 12721 – QII;

– Alvará PCCI (caso exista sistema de prevenção de incêndio);

– Comunicação de instalação de elevadores;

– Declaração do RT (Art 5º Dec 14994/05).

O que acontece no caso de o imóvel não possuir a documentação?

Imóveis que não possuem Habite-se são considerados irregulares, o que pode gerar uma série de transtornos. O primeiro deles é a impossibilidade de registro do imóvel em nome do proprietário.

É possível regularizar a situação de um imóvel sem Habite-se?

Caso você se interesse por um imóvel nessa situação, o primeiro passo a ser tomado é verificar, junto à prefeitura, se a obra foi autorizada. Você também deve procurar se informar na própria Prefeitura ou com proprietários vizinhos se a solicitação do documento já foi efetuada. Depois disso, é correr atrás da documentação e aguardar a vistoria.

 Tenho um lote e vou construir minha própria casa. Como fazer em relação ao Habite-se?

Cada cidade possui regulamentações próprias para construções residenciais. A Prefeitura é a melhor fonte para você se informar sobre a documentação necessária e sobre como dar entrada no processo. No geral, o processo do Habite-se se assemelha ao dos edifícios: uma vistoria é agendada e, caso a obra tenha seguido o projeto inicial – previamente aprovado –  e não apresente nenhuma irregularidade, o documento é emitido.

E aí? Você tem mais alguma dúvida? Quer contribuir com alguma informação ou experiência? Compartilhe conosco aqui no blog!

Deixe uma Resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.