Viver em um condomínio significa procurar entender como funciona a utilização dos espaços coletivos, como áreas de lazer e salão de festas. Um dos espaços que mais pode ser motivo de conflito e dor de cabeça entre os condôminos é a garagem. Entre os principais pontos de tensão estão as vagas de uso compartilhado, veículos de porte maior do que comporta o local, uso por terceiros, guarda de outros tipos de veículos, etc.

Apesar de ser um local que garante segurança para os veículos de quem vive nos condomínios, as garagens são áreas de uso compartilhado e, por isso, devem obedecer a uma série de regras e normas. Em geral, essas regras são estabelecidas em assembleias.

Mas, o que pode e o que não pode quando o assunto é a garagem do condomínio? Neste post vamos trazer algumas informações que vão lhe ajudar a entender melhor como funciona esse espaço.

Distribuição das vagas

Essa é uma responsabilidade que não cabe aos moradores, mas sim ao condomínio, ao regulamento interno. É comum que as regras para distribuição das vagas sejam preestabelecidas. Uma dica importante é verificar que vaga está destinada ao apartamento para o qual você deseja se mudar e se isso pode sofrer alterações ao longo do tempo.

Guardar outros tipos de veículos

Na maioria dos casos, os moradores só podem estacionar seus carros nas vagas, mas isso não é regra. Alguns condomínios destinam vagas adicionais para motos em suas áreas comuns, outros permitem parar carro, moto e bicicleta na vaga. Isso tudo, no entanto, deve ser determinado nas convenções do condomínio.

Coberturas e modificações

Se achar necessário fazer algum tipo de modificação nas vagas, como coberturas em caso de estacionamentos abertos, o assunto deve ser levado para as reuniões de condomínio. Em alguns casos, pode ser que a modificação seja feita em toda a garagem para manter a padronização.

E se ocorrerem danos ou furtos?

Se um delito como esses for identificado não necessariamente o condomínio será responsabilizado. O fundamental é observar o que determina o regulamento do condomínio, que precisa contemplar esses casos.

Pode lavar o carro?

Lavar ou dar outro tipo de manutenção nos veículos podem gerar incômodos a outros condôminos, sobretudo em garagens com espaços mais compactos. Utensílios usados nesses trabalhos podem ocupar a vaga de outros moradores. Por isso, em geral, manutenções e lavagens não são permitidas.

Pode alugar?

Muitas vezes, moradores com direito a vagas e que não possuem veículos, alugam suas vagas para outras pessoas. A questão, no entanto, deve ser discutida em convenções preestabelecidas do condomínio. Se ainda não houver regulamentação a respeito, é preciso discutir o assunto para se estabelecer uma norma.

E se der problema?

Como mencionado, as garagens estão entre os maiores pontos de conflitos entre moradores de condomínios. Mesmo assim, se algum fato ou comportamento for motivo de incômodo, não trate diretamente com a pessoa envolvida.

A questão que esteja incomodando alguém ou o conjunto dos moradores deve ser levada para ser debatida nas reuniões de condomínio. Com regras claras e entendimento mútuo é possível promover o uso das garagens sem dores de cabeça para os moradores.

Gostou das dicas? Assine nossa newsletter e receba mais dicas para viver bem no seu condomínio.

Deixe uma Resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.